Central de Atendimento Nuvem Explore o Nuvem Envio Sobre o Nuvem Envio

Dicas sobre proteção e segurança dos envios através de embalagens no Nuvem Envio

Esse artigo é para você que tem dúvidas de como embalar seus pedidos para que o produto esteja protegido durante o transporte até o destino final.

Última atualização: 21/06/2024

A embalagem do pedido é o que irá protegê-lo durante todo o transporte até ser entregue ao destino, sendo importante se atentar às dimensões e peso permitidas pelos Correios e também na qualidade da embalagem. Uma boa embalagem é aquela que garante a integridade dos produtos internamente, possui proteção interna e externa e aviso de indicativo de item frágil (se for aplicável).

O uso do empacotamento correto no processo de transporte minimiza riscos inerentes ao processo logístico, como:

  • Extravios;
  • Avarias;
  • Prejuízos financeiros;
  • Insatisfação do cliente.

A seguir, te explicamos mais sobre essa etapa pós-venda e algumas dicas.

❗ Além de garantir a retenção de parceiros antigos e conquistar novos consumidores, também é notável o quanto o cuidado com a embalagem pode trazer inúmeros benefícios. Segundo pesquisas, os consumidores consideram a proteção e resistência da embalagem e reconhecem que a embalagem proporciona mais proteção ao conteúdo.

Vamos começar!

Tipos de embalagens

Na imagem abaixo, podemos diferenciar entre a embalagem primária e a secundária. A primeira é aquela na qual vem o produto e, a segunda, aquela que você irá colocar o produto para despachar o envio. Não recomendamos enviar apenas com a embalagem primária, devido ao risco de avaria. Portanto, uma embalagem secundária é recomendada para proporcionar maior segurança e integridade da mercadoria, além de materiais adicionais para proteção, como plástico bolha, por exemplo.

Delete

Transporte de produtos frágeis

No caso de objetos frágeis, recomendamos embrulhar os itens com plástico bolha ou folha de jornal e depois colocar em uma caixa de papelão. Dependendo do produto, utilizar um material mais resistente. Hoje também temos algumas soluções mais sustentáveis, como papel colmeia, para substituição do plástico bolha. Ao redor dos produtos, é importante colocar materiais, como isopor, papel ou extrusado de milho (outra opção sustentável!) para não deixar espaços vazios na embalagem, evitando que ela sofra algum tipo de dano durante o transporte.

Alguns exemplos de materiais para proteção e segurança são:

  • Plástico bolha;
  • Divisórias de papelão;
  • Flocos de Isopor;
  • Almofadas de ar;
  • Fita gomada;
  • Papel colmeia;
  • Extrusado de milho.
Delete

Warning

Para cada item deve ser observada a melhor condição conforme particularidades. Em caso de mercadorias de vidro (garrafas, cristais, louças, etc.), por exemplo, deve haver proteção dupla, como divisória de papelão acompanhada de plástico bolha, almofada de ar ou flocos de isopor.

Delete

Requisitos de documentação na embalagem

Com os Correios, é possível o envio com Declaração de Conteúdo ou Nota Fiscal. Para mais detalhes sobre requisitos de documentos junto aos Correios, recomendamos consultar o 👉link.

Delete

Padrão de embalagem e dimensões limite

O padrão de embalagem deve respeitar os limites de dimensões, peso e valor declarado para seguro definidos pelos Correios. São esses:

  • A dimensão máxima da embalagem é de 105cm (qualquer lado);
  • O peso limite é de 30 kg;
  • O seguro para ser reembolsado em caso de extravio e avaria, é de no máximo R$3.000 para PAC e R$10.000 para Sedex.
Delete

Info

Se a encomenda passar de R$3.000,00 e desejar enviar via PAC o ideal é fracionar a remessa em dois pacotes individuais para que todo o valor seja enviado segurado.

Delete

Recomendações gerais

As seguintes dicas são aplicáveis a qualquer tipo de remessa e ajudam a constituir uma embalagem mais segura.

  • Preferir caixas mais firmes;
  • Proteger cada produto individualmente;
  • Sinalizar as embalagens (como exemplos da imagem abaixo);
  • Selar as caixas firmemente;
  • Identificar os produtos que podem proporcionar algum tipo de risco no transporte;
  • Utilizar proteção interna sempre que possível.

Pronto! 🙌

Viu só como é importante essa etapa do processo? Com essas dicas sobre embalagens, você já pode seguir com seus envios protegidos durante todo o transporte.

O artigo ajudou você?